quarta-feira, junho 17, 2009

Medo do Google


Qualquer um pode me achar, e não estou falando de endereço virtual. Estou passada.

Google Maps FDP.

terça-feira, junho 16, 2009

"É uma sombra do que já foi."
Quando dizem isso é quando algo ou alguém já não é tão bom quanto costumava ser.
Confesso que tenho medo de ser uma sombra para os outros. Se eu vejo uma sombra me assusto, como se tivesse visto um fantasma. E o mais interessante são algumas características que as sombras têm em comum, mesmo sendo de pessoas diferentes: andam como se carregassem um fardo, o sorriso é ensaiado e o olhar distante, vago. Olham para nós mas na verdade não vêem nada, agem com uma costumeira acomodação a tudo, esperando o que virá para que possam reagir.
Eu vi a sombra de uma pessoa maravilhosa, amiga e sincera, e foi quase como assistir a um enterro. Senti medo. Só ela sabe o que vai por dentro de sua cabeça, seus desejos, seus sentimentos e necessidades, mas naquele dia quando a vi e lembrei de como ela chegou a ser um dia e do que sua amizade representou pra mim, eu estremeci.

quinta-feira, junho 11, 2009

Outros oráculos


Já tem um ano que possuo o baralho wicca mas dificilmente o utilizo para questões do dia-a-dia. Para teinar um pouco a mente resolvi tirá-lo da caixa e, voilà, 3 cartas para o final de semana.










Nada mais correto: deixar determinados projetos pra trás e nada de alardear minha intenções por aí. O Livro das Sombras fala de experiência, mas nesse caso vejo mesmo como anotações, já que parte do meu projeto consiste em escrever algumas coisinhas...Parando por aqui porque o Manto pede pra disfarçar...
















quarta-feira, junho 10, 2009

Ele dobrou a esquina e chegou na Holanda




"It´s alright, it´s alright, it´s alright
She moves in mysterious ways..."




Conversando há pouco com um amigo ele falou sobre como estamos à mercê de algo que não conseguimos explicar. De forma rápida, ele contou sobre como ao mudar o caminho que fazia todos os sábados pra chegar a um curso que estava fazendo, ele chegou na Holanda. Sim, porque ao mudar seu trajeto naquele dia, ele encontrou com uma colega que frequentava a mesma turma e os dois foram juntos ao curso, começando ali uma grande amizade. Passados uns meses, ele comentou que tiraria férias e estava pensando em viajar para o exterior, um desejo que ele tinha mas que não realizara ainda por não querer ir assim na "cara dura" ou por pacotes turísticos, e então esta amiga sugeriu a Holanda, pois já tinha contatos por lá. E assim, em menos de um ano, ele viu um grande desejo ser realizado.


Tudo porque naquele sábado ele mudou seu trajeto. Como ele mesmo disse, dobrou a esquina e chegou na Holanda.






terça-feira, junho 09, 2009

Os dramas que me perseguem!


Sempre tive raiva de pessoas melodramáticas. Como num dia que meu pai surtou e foi me buscar no colégio, olhos cheios de lágrimas, perguntando porque eu e minhas irmãs não íamos mais no consultório dele. Ainda foi acompanhado do meu avô que entre uma e outra lágrima contida do meu pai ficava falando : "Calma, meu filho...", com ares de paizinho que mima o filhinho. Pois bem.

No meu último aniversário meu pai foi o último a me ligar e eu já pensando: "Tá vendo? Por isso eu tive que escolher outro pai, meu pai mesmo nem liga pra mim..." quando comecei a falar com ele no telefone fui logo reclamando que ele não tinha ligado antes e blablabla. E ele só respondia: "Ah, Dodó (sim, ele me chama de Dodó:p), papai te ligou o dia inteiro mas ou dava ocupado ou ninguém atendia...". Ele deu os parabéns, coisa e tal, talecoisa.

Mas o que me deixou estarrecida foi o drama que eu fiz, IDÊNTICO aos dramas que eu detesto assistir (exceto novelas mexicanas, que eu amo).

O que eu tanto detesto no meu pai, eu tenho também, ó que maravilha. Demorou 30 anos pra macaca velha perceber isto.

quinta-feira, junho 04, 2009

Lua Vermelha

Estou saindo do período de Lua Branca e entrando num período de Lua Vermelha. Coincidentemente a fase de querer outro filho está passando e estão ficando mais nítidos meus desejos pessoais, independentes de minhas funções como mãe e parceira. Sincronicidades a mais, estou recebendo ofertas de tudo o que se possa imaginar, todas ligadas as áreas que eu amo: oráculo e a língua inglesa.
Penso que a aproximação de mulheres independentes também tem a ver com essa mudança no meu ciclo. Estou mais voltada para mim, meus projetos, minha vida. Claro que minha família é importante, mas eu preciso de mais.